Em ‘Uma exposição’ Ieda Magri assume as potências e problemas da autobiografia

Nayara Capelo Portadora de grandes afetos e desafetos, a autoficção vive um momento de crescente protagonismo na literatura contemporânea. Em linhas gerais, o gênero se constitui da mescla entre fatos concretos, elementos biográficos do autor e recursos ficcionais típicos, levantando conhecidas questões acerca das diferenças entre autor e narrador, ficção e história. A autoficção, chamada … Continue lendo Em ‘Uma exposição’ Ieda Magri assume as potências e problemas da autobiografia