Poemas de Bruno Oggione

Bruno Oggione* caiu à beira do caminho  aquele que fez o mais difícil,  aquele que foi mais longe.  voltou da multidão,  azul fantasma,  como se tivesse ido sozinho.  dando carne aos sonhos,  abre as vidas,  acende as imagens que não vê.  alma errante de guerreiro  infligindo feridas mortais.  tudo destrói tudo. tudo afoga tudo.  o … Continue lendo Poemas de Bruno Oggione